Scarium Ficção Fantástica

 

Adriano Siqueira

 

 

 


10 perguntas para GIULIA MOON - autora dos livros "LUAR DE VAMPIROS" e "VAMPIROS NO ESPELHO & Outros Seres Obscuros"

1 - Qual é o estado do Brasil onde você mora?

Eu moro num mesmo bairro da cidade de São Paulo - Chácara Inglesa - desde que nasci. Adoro São Paulo, um lugar cheio de contrastes de luzes e sombras. Uma fascinante e misteriosa cidade vampírica. Isso se reflete nos meus contos, que geralmente se passam em ambientes urbanos.

2 - Quando começou a se interessar por Vampiros?

Eu sempre gostei de vampiros, lobisomens e criaturas fantásticas em geral. Desde pequena, os meus filmes predileto eram de terror. Quando adolescente, já tinha lido "Drácula" de Bram Stocker e "Carmilla", de Sheridan Le Fanu, que mostravam a sensualidade desse vilão atraente de forma velada. Mas só comecei a curtir vampiros como paixão assistindo um filme bem antigo: ‘Drácula", com o ator Frank Langella, onde ele fazia um vampiro sedutor que cortejava as mulheres, dominando-as com os seus encantos. Era baseado numa peça da Broadway que fez um grande sucesso explorando abertamente o lado sensual do vampiro. Algum tempo depois, descobri o livro "Vampiro Lestat" de Anne Rice. Folheando-o na livraria, percebi que ali tinha algo diferente: Lestat era um vampiro moderno, que tinha as suas dúvidas e neuroses, embora fosse capaz de matar sem remorso. Adorei! Li, depois, muitos outros livros da Anne Rice, mas o meu preferido continua sendo o "Vampiro Lestat". A primeira mordida você nunca esquece! Um dia, pesquisando na internet sobre vampiros, encontrei o site "Mundo Vampyr" e enviei para lá um conto de vampiros que havia escrito de brincadeira, em casa. O conto se chama "Um Tédio de Matar" e é o conto de estréia da minha vampira Maya. Recebi então um convite de Raul, o "Deus Noite", para entrar num grupo de escritores da internet: a Tinta Rubra. Acho que a minha vida de escritora começou nesse instante, pois lá conheci ótimos escritores como você, Adriano, além de Martha Argel, Mônica Virgo e muitos outros. Ficamos muito amigos, um incentivando o outro, e acho que foi uma época deliciosa, com muitos sonhos, baladas noturnas e companheirismo. Aprendi muito na Tinta Rubra!

 

3 - Os livros "LUAR DE VAMPIROS" e "VAMPIROS NO ESPELHO" tratam

exclusivamente sobre vampiros ou trazem outras lendas e monstros?

"LUAR DE VAMPIROS" é um livro só de vampiros. É o meu primeiro livro, com 10 contos, a maioria escrita durante o meu período de maior atividade na Tinta Rubra. Nele, incluí "A Dama Branca", o meu primeiro conto de vampiros, que na época apenas poucos amigos conheciam; os contos da vampira Maya, a preferida dos meus leitores da Internet; e alguns contos especialmente escritos para o livro, como "Gia e o Seu Alvo" e "Sangue de Lúcifer". Mesmo sendo um livro de contos de terror, tem uma narrativa leve e sutil. O "Luar de Vampiros" é o meu primeiro livro e, como um primeiro filho, é especial. Tem sido o meu cartão de visitas para a maioria das pessoas que passaram a acompanhar o meu trabalho. Foi um livro que fiz praticamente sozinha e do qual me orgulho muito!

"VAMPIROS NO ESPELHO & Outros Seres Obscuros" é um livro que vale por dois: na primeira parte, Vampiros no Espelho, há 16 contos contemporâneos de vampiros. São contos que se passam nas grandes metrópoles, mostrando o vampiro urbano, cruel, arisco e matador. A segunda parte, Seres Obscuros, constitui-se de 17 contos de terror envolvendo seres famintos de amor, de vida, de sangue. Tudo que eu costumo denominar genericamente como "Seres Obscuros", isto é, seres noturnos, misteriosos, fantásticos e assustadores. Pode ser o gato que o espreita de uma fresta do quintal. Uma assombração que perambula nos corredores. Um canibal moderno. Ou a garota que você traiu. É um livro que reúne muita diversidade, muitas idéias, muitos personagens. Um tour-de-force literário que tem me rendido muita satisfação e que, espero, os leitores possam ler e se divertir muito com ele!

4 - Quanto tempo você levou para escrever esses livros?

Na verdade, "Luar de Vampiros" e "Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros" são resultados de quase 4 anos de trabalho literário nas madrugadas e fins de semana. Não sei quanto demorou, exatamente, cada livro, pois há contos antigos e novos em ambos. Sou uma perfeccionista quando se trata de escrever. Ao terminar um conto, costumo deixá-lo de lado durante algum tempo e depois relê-lo, para corrigir falhas, aperfeiçoar o estilo, resolver problemas no enredo. Cada conto dos dois livros foi reescrito várias vezes, para que o texto flua fácil e agradável para o leitor.

 

5 - O Ficzine, um zine criado por você e pela Martha Argel, sempre traz histórias de muitos autores conhecidos. Como surgiu essa idéia e como o pessoal pode ter este zine?

O FicZine foi uma idéia que surgiu num evento para fãs de seriados, em São Paulo. Os fanzines eram uma idéia muito legal, que atraíam a atenção pelo conteúdo surpreendente, apesar da simplicidade e despretensão da forma. Alguns fanzines, como o Adorável Noite, de contos de vampiros, que você edita, são verdadeiros achados. Então pensamos: por que não fazemos nós mesmas um zine exclusivamente voltado para contos fantásticos? Como teste, no número zero do FicZine publicamos dois fanfics de Highlander, série que tanto eu quanto Martha curtíamos, e convidamos Renato Azevedo, um amigo e escritor que também gostava de fanfics, para escrever um conto especial para o zine. Distribuímos os FicZines com grande sucesso numa tarde de autógrafos, durante um evento do fã-clube do Highlander. Depois, passamos a lançar os FicZines com um tema diferente a cada edição.

Já lançamos 4 FicZines, sempre com um conto inédito meu e outro da Martha, mais o de um autor convidado. O FicZine 1, de "Natal", contou com a participação do escritor de Ficção Científica Rogério Amaral de Vasconcellos. O FicZine 2 trouxe um tema que todos nós adoramos: "Vampiros". Contamos nessa edição com a colaboração do super-escritor vampírico André Vianco, com um conto inédito. O FicZine 3, com o tema "Heroínas", contou com a participação do quadrinista e escritor Emir Ribeiro e trouxe contos inéditos da minha vampira Maya, de Lucila, personagem da Martha Argel e Velta, a heroína dos quadrinhos do Emir, que também fez uma linda ilustração para a capa.

Os FicZines são distribuídos em eventos, aqui em SP. Para dar download da versão virtual é só acessar o meu site: http://www.giuliamoon.com.br na sessão "downloads".

 

6 - Seus livros foram tão aprovados pelo público que até a chamaram para ser a editora convidada da Scarium Megazine, um forte veículo que divulga a cultura de ficção para os leitores brasileiros e de outros países. Como está sendo esta experiência?

Ótima! É um privilégio fazer parte da equipe da Scarium, uma revista que, a cada número, é uma mini-antologia de contos de Ficção Científica, Horror e Fantasia. Marcos Bourguignon, o editor-chefe, tem feito um belo trabalho divulgando e apoiando autores brasileiros de ficção fantástica, geralmente esquecidos pela grande mídia. Quando ele me convidou a organizar um número especial da Scarium, dedicado a Contos de Horror, fiquei contente e, ao mesmo tempo, bastante preocupada. Afinal, era uma responsabilidade e tanto! Mas a tarefa acabou se tornando muito fácil, pois o gênero Horror tem se mostrado bastante vigoroso na sua produção, principalmente através da internet. Primeiro, tratei de garantir a presença de autores conhecidos como você, Martha Argel e Nilza Amaral, veteranos cujas qualidades estão acima de qualquer suspeita. Convidei Mônica Virgo que, apesar de ser uma escritora bastante conhecida nos grupos da internet, ainda tinha publicado poucos contos em papel. Depois, incluí dois novos talentos: Mário Carlos Carneiro Jr. e Camila Fernandes. Finalizamos a seleção com o conto que ganhou o 2º lugar no Concurso Nacional de Contos da Scarium: "Lúcia", de Márcio Calegaro. Incluí então um conto inédito meu: "O Amigo Atrás do Salgueiro". E pronto! Lá estava a Scarium Megazine nº 13, um belo número, com oito contos de Horror, escrito por ótimos autores brasileiros. Dentro das possibilidades e das oportunidades apresentadas, acho que conseguimos uma porção bem interessante do que de melhor se produz no gênero atualmente no Brasil. Espero continuar apresentando um trabalho de bom nível, para que os autores nacionais possam, cada vez mais, serem reconhecidos pelos leitores brasileiros.

7 - Quais são os seus livros e filmes favoritos?

Puxa, fica até difícil citar uns poucos escritores. As minhas listas dependem um pouco das fases da minha vida. No momento, acho que livros como "Histórias Extraordinárias" de Edgar Allan Poe, "A Volta do Parafuso" de Henry James, "Um Sussurro nas Trevas" de H. P. Lovecraft, "A Mão do Macaco" de W. W. Jacobs, "Ficções" de Jorge Luís Borges, "Crônicas Marcianas" de Ray Bradbury, "Reconhecimento de Padrões" de William Gibson, "A Cor da Magia" de Terry Pratchett são os meus preferidos. "Drácula" de Bram Stocker, "O Vampiro Lestat" de Anne Rice, "Fome de Viver" de Whitley Strieber são os meus livros de vampiros favoritos.

Da mesma forma, os meus filmes favoritos no momento são filmes de animações: "Innocence" e "Ghost in The Shell", "Cowboy Bebop – o Filme", "O Estranho Mundo de Jack", "A Viagem de Chihiro", "Akira". Os meus filmes vampíricos prediletos são "Entrevista com o Vampiro", "Drácula" de Bram Stocker, "Garotos Perdidos", "A Hora do Espanto". Ah, assisti recentemente "O Coronel e o Lobisomem" e me diverti muito!

 

8 - As editoras do Brasil aceitam bem os escritores de vampiros?

Acho que os escritores de vampiros são tão bem aceitos quanto os escritores de fantasia, de Ficção Científica ou de Horror. Se você mostrar qualidade, você pode ser publicado. Claro que depende de outros fatores externos, mas não existe nenhuma pré-disposição para a aceitação deste ou daquele gênero. E, hoje em dia, há muitas pequenas e médias editoras que publicam o seu livro mediante pagamento. Muitos novos autores estão partindo para esta solução.

9 - Qual é a sua dica para quem gostaria de fazer um livro de vampiros?

Vou repetir aqui algo que venho dizendo desde que lancei o primeiro livro: leia muito, escreva sempre e ouça o que as outras pessoas têm a dizer. Não se estresse demais com as dificuldades de dinheiro, de jogo de influências, de egocentrismo. Procure sempre se divertir ao escrever, faça da própria escrita a maior fonte de prazer. Pois, se você, por azar, não conseguir se tornar um escritor famoso, pelo menos se divertiu à beça!

10 - Como comprar o livros LUAR DE VAMPIROS, VAMPIROS NO ESPELHO e a Scarium?

Para saber mais sobre LUAR DE VAMPIROS, acesse a página do livro: http://www.giuliamoon.com.br/luar/. Lá você vai ler algumas informações sobre cada conto e ver a capa do livro. Para adquiri-lo, com direito a uma dedicatória e autógrafo, escreva para: giuliamoon1@yahoo.com.br ou acesse a livraria virtual Asabeça: http://www.asabeca.com.br/home.php na seção de VAMPIROS.

VAMPIROS NO ESPELHO & OUTROS SERES OBSCUROS também tem uma página especial: http://www.giuliamoon.com.br/espelho/ onde você poderá ler a introdução do livro, conhecer a capa e alguns detalhes. "Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros" está à venda nas principais livrarias do País. Você pode encontrá-lo também no site da Landy Editora: http://www.landy.com.br/livro.asp?codigo=10530

SCARIUM MEGAZINE 13 – edição especial de Horror, com 8 contos de Horror selecionados por Giulia Moon, está à venda no site http://www.scarium.com.br/ . Visite o site para ver a capa, informações sobre os contos e as matérias.

E, se quiser alguns dos meus contos e poesias, acesse o meu site: http://www.giuliamoon.com.br.

Obrigada, Adriano, pela oportunidade. Um grande abraço gelado!

 

 

 

Visite os sites da Giulia Moon

Página do livro Luar de Vampiros

VAMPIROS NO ESPELHO & OUTROS SERES OBSCUROS

http://www.giuliamoon.com.br

Visite o site do Adriano Siqueira

 

 

Volta a artigos | Volta a página inicial

 

 

 

www.digits.com
 

 

 

 

www.scarium.com.br
 - - Revista independente de ficção científica, horror, fantasia e Mistério - -
Todos os direitos reservados
©2002 Scarium Megazine